Os exercícios de relaxamento não só nos ajudam a libertar a tensão em cada um dos nossos músculos, como também são uma grande ajuda para manter o controlo quando temos stress. Se formos constantes na realização de cada um desses exercícios, podemos aproveitar as habilidades adquiridas para reduzir muitos sintomas típicos de ansiedade e alcançar excelentes benefícios.

Entre os benefícios de fazer exercícios de relaxamento que podemos mencionar, a possibilidade que nos dá para baixar a freqüência cardíaca, reduzir a pressão arterial, com eles também podemos ter um controle na forma como respiramos, e fazer com que o fluxo de sangue nos principais músculos para aumentar.

Além disso, é de grande ajuda no alívio da dor crônica, pode elevar o nosso humor e melhorar muito a nossa capacidade de concentração. Não devemos esquecer que a prática deste tipo de exercícios diminui a fadiga e também nos dá a capacidade de aumentar a nossa confiança, a fim de ter um melhor controle dos problemas.

Embora já saibamos o que é o relaxamento e também cada um dos benefícios que ele pode oferecer tanto física como mentalmente, é importante que também tenhamos conhecimento sobre os tipos de exercícios de relaxamento que podemos fazer.

Primeiro temos o relaxamento que é autógeno, com isso queremos dizer tudo o que vem de dentro de nós. Em geral, o que é recomendado é que possamos usar imagens que possamos ver e que ao mesmo tempo possamos estar conscientes do nosso corpo de tal forma que possamos reduzir o stress.

Então nós temos o relaxamento muscular que é progressivo e finalmente ao visualization, esta é uma técnica do relaxation onde nós temos que tentar dar forma às imagens na mente para fazer uma determinada maneira que é uma viagem visual a um estado da paz, com que nós podemos manter a calma em toda a situação. Se você quiser aprender como treinar em casa exercícios focados no relaxamento, continue lendo este post.

O que precisa para Exercícios de Relaxamento - Exercícios de Relaxamento?

  • * Use roupas confortáveis para um melhor movimento
  • * Ter conhecimentos de técnicas de respiração
  • * Encontrar uma posição onde possamos estar confortáveis fazendo os exercícios
  • * Devemos estar num lugar com muito silêncio.

Instruções para Exercícios de Relaxamento - Fazer Exercícios de Relaxamento

  1. A primeira coisa que temos de fazer é estar numa posição em que nos possamos sentir confortáveis e, dessa forma, temos de afrouxar o nosso corpo enquanto respiramos fundo e profundamente.
  2. Agora começamos a trabalhar os músculos das mãos e antebraços, para isso temos que apertar os punhos simultaneamente, para que possamos perceber que sentimos tensão nessas partes do corpo. Temos que nos concentrar em cada uma das coisas que sentimos naquele momento por pelo menos 5 ou 7 segundos. Passado esse tempo, liberamos nossas mãos de tal forma que a tensão que temos nesses músculos possa ser liberada, e nos concentramos em cada uma das sensações que ocorrem naquele momento (chamada distensão) por cerca de 20 segundos. Desta forma podemos perceber a diferença que existe entre cada um dos estados.
  3. Depois relaxamos os músculos do bíceps. Para isso temos que dobrar os cotovelos e fazer uma pequena tensão no bíceps por pelo menos 5 ou 7 segundos. Uma vez feito isso, vamos colocar os bíceps soltos e esticar os braços. Depois concentramo-nos na sensação de distensão durante pelo menos 20 ou 30 segundos.
  4. Para relaxar os músculos dos tríceps, temos de esticar os dois braços para a frente para que possam estar numa posição paralela entre si e também com referência ao chão, então temos de fazer tensão no que é a parte de trás dos nossos braços. Depois temos de nos descontrair e voltar a colocar os braços na posição inicial. Temos de notar a diferença entre as sensações.
  5. Passamos aos músculos dos ombros. Para isso, temos de levantar os ombros para cima para que pareça que queremos tocar nos nossos ouvidos. Mantemos um pouco de tensão e nos concentramos em cada uma das sensações de todas essas áreas. Então temos de largar os nossos ombros.
  • Agora vamos relaxar os músculos que compõem o pescoço. Para isso, inclinamos a cabeça para a frente para que pareça que queremos tocar no peito com o queixo, mas temos de o fazer lentamente. Ao fazer isto, devemos sentir a tensão no nosso pescoço. Então temos que voltar lentamente à posição inicial onde estamos em repouso e concentrar-nos na distensão.
  • Então nós nos movemos para empurrar com o que é a parte de trás da nossa cabeça e não com a área do pescoço, que é o encosto onde nós somos apoiados. Isto é onde nós temos que concentrar-nos na tensão que ocorre no que é a frente de nosso pescoço e então deixar ir de toda a tensão a fim afrouxar acima.
  • Para relaxar os músculos de nossa testa, nós continuamos a levantar as sobrancelhas até que nós observemos que as rugas aparecem em nossa testa, neste tempo nós observaremos a tensão que ocorre e então os liberaremos.
  • Para relaxar os músculos dos olhos, temos de apertar os olhos com bastante força, fazendo com que os nossos olhos fiquem enrugados, é quando temos de estar atentos à tensão que ocorre e depois largar essa tensão.
  • Agora passamos a relaxar os músculos das nossas bochechas e lábios. Acontece que sorrimos um pouco sem que os nossos dentes sejam vistos. Ao fazê-lo, devemos concentrar-nos na tensão que ocorre em cada um desses músculos e depois libertar a tensão.
  • Uma vez feito o passo anterior, aproveitamos para relaxar os músculos da mandíbula. Para isso, temos de abrir a boca lentamente até conseguirmos atingir o máximo. Quando mantemos nossas bocas abertas devemos nos concentrar na tensão que ocorre e então a vimos para poder perceber a diferença.
  • Para relaxar os músculos das costas e do peito, temos de formar um arco com o tronco, para que o peito possa sair para a frente enquanto os ombros e cotovelos estão para trás. Depois temos de juntar as omoplatas e nesta posição mantemos a tensão. Depois, temos de deixar ir e voltar à posição que tínhamos no início.
  • Agora temos de avançar para os músculos que compõem os abdominais. Aqui temos que nos posicionar de tal forma que possamos manter nosso abdômen para dentro, concentrar-nos na tensão que ocorre naquele momento e então deixar ir.
  • Agora temos de nos posicionar de modo a podermos puxar o nosso abdómen para fora, concentrarmo-nos na tensão dessa posição e depois deixarmo-nos ir.
  • Para esticar os músculos das coxas, temos que contraí-los simultaneamente, ficar concentrados por um momento na tensão deste movimento e depois soltar para libertá-lo.
  • Agora temos de relaxar os músculos dos gémeos. Para fazer isso, temos que apontar os pés na direção da cabeça, até que possamos nos concentrar na tensão que ocorre em cada um desses músculos e, em seguida, ir para liberar para o poder liberal a tensão causada pelo exercício.
  • Finalmente continuamos a realizar exercícios para poder ter um relaxamento de todos os músculos que compõem os nossos pés. Para podermos fazer isto, temos de colocar os nossos pés na parte inferior para que possamos fazer da forma interior uma linha recta com as nossas pernas. Fazemos alguma tensão com os pés durante apenas alguns segundos e largamo-la para a libertar.
  • Dicas para Exercícios de Relaxamento - Fazer Exercícios de Relaxamento

    • Estes são exercícios que devemos praticar pelo menos duas vezes por dia durante cerca de 15 ou 20 minutos.
    • Estes são exercícios que temos de fazer durante pelo menos uma ou duas semanas antes de podermos iniciar qualquer outra rotina.
    • Temos de manter um registo de cada um destes exercícios, por isso temos de anotar nele quais foram os resultados que obtivemos com cada um destes exercícios.
    • Temos de saber a diferença entre o tempo de tensão e o tempo em que temos de permanecer completamente relaxados.
    • A tensão que ocorre em cada um dos exercícios tem que durar um tempo aproximado de pelo menos 5 ou mesmo 7 segundos.
    • Devemos também lembrar que o tempo de relaxamento pode ser de cerca de 20 ou 30 segundos.
    • É importante recordar que nós devemos ser muito cuidadosos quando nós trabalhamos os músculos da garganta e também os músculos traseiros, porque se nós os apertarmos demasiado pode causar-nos ter dores.

    Você também vai gostar de ler outros posts interessantes como estes: Como treinar Crossfit ? Mesas, Dicas e Truques e Como Treinar Corrida ? Mesas, Dicas e Truques