Você já viu e se perguntou como fazer S-Bend to Blind no Kitesurfing? Lembre-se que o kitesurf é um esporte deslizante que consiste no uso de um kite de tração (kite), que puxa o atleta (kite) por quatro ou cinco (raramente duas) linhas, duas fixas à barra, e as outras duas ou três passam pelo centro da barra e são presas ao corpo por um arnês, permitindo que você deslize sobre a água usando uma prancha projetada para esse fim. A unidade básica contém várias funções de segurança. O tandem da barra de cometa é o que contém mais elementos. Se o vento for muito forte para que o kite saia do controle e arraste, o acessório para o arnês chamado chickenloop tem um anel de segurança que permite que o kite seja liberado do corpo. É só então que a quinta linha opcional age, evitando que o kite se afaste e se perca.

Esta acção influencia ligeiramente o kite, tornando-o mais ou menos sensível ao vento (capturando mais ou menos vento). É em si uma medida de segurança, pois o kite pode ser regulado quando vêm fortes rajadas de vento. Os kites de duas linhas não têm este sistema, que é essencial hoje em dia (é por isso que eles estão em desuso).

No próximo artigo vamos explicar os passos básicos para fazer um bom truque de kitesurf: O S-Bend to Blind é uma manobra que tenta fazer uma rotação de 360 graus no nosso eixo vertical e acaba recebendo para trás. É um movimento de kitesurf muito espetacular. Leia os passos para aprender a fazer S-Bend to Blind no Kitesurfing.

O que você precisa para fazer S-Bend to Blind no Kitesurfing?

  • * Equipamento de kitesurf (arnês, boom, kite, prancha)
  • * capacete, colete, fato de mergulho

Instruções para fazer S-Bend to Blind no Kitesurfing

  1. A primeira coisa que precisamos fazer para fazer um bom S-Bend to Blind é colocar nosso kite em 45 graus. Uma boa velocidade e um corte forte são fundamentais. Para isso nos deixaremos cair para o longo e pisaremos fortemente em nossos calcanhares no momento do corte.
  2. No preciso momento em que sentirmos que a nossa prancha está se soltando da água, iniciaremos a manobra. Vamos estender nosso corpo como para fazer um raley e tomamos o joelho da frente para trás. Aconselhamo-lo também a levar a cabeça para o ombro traseiro para que possa rodar para trás. Clavícula, anca e pernas acompanharão sempre a curva.
  3. É muito necessário que nos impulsionemos em maior medida do que em um S-Bend básico, para isso aconselhamos ter a rotação simples de 360 graus controlada.
  4. Agora soltamos a mão traseira mantendo a mão dianteira com a barra perto do quadril enquanto continuamos a girar para terminar o truque com um giro de 180 graus na parte traseira.
  5. Receberemos flexionando nossas pernas e tentaremos nos deixar levar alguns momentos pela inércia na armadura para fazer o truque com mais estilo.
  • Em nossa seção dedicada ao kitesurf e como aprender e praticar você pode encontrar muitas outras dicas úteis
  • Dicas para fazer S-Bend to Blind no Kitesurfing

    • Mande dominar o S-Bend antes de tentar esta manobra.
    • Juntar nosso joelho dianteiro com nosso joelho traseiro no momento de iniciar a rotação nos permitirá girar mais facilmente.
    • Sempre junte suas mãos na barra para manter o kite o mais estável possível.
    • Não se recomenda a prática de kite offshore porque está muito longe da praia.