Os abdominais fazem parte do exercício e sua finalidade é tonificar as partes do tronco, obtendo músculos definidos, sem gordura e sem barriga. É importante saber que existem diferentes tipos de abdominais dependendo da área que queremos trabalhar. Neste artigo, vamos dizer-lhe Como fazer abdominais oblíquos, este tipo de abdominais irá ajudá-lo a moldar a sua cintura, como a sua aparência depende em grande parte deles.

É comum encontrar que os homens procuram fazer muito deste tipo de abdominais para serem marcados, mas que não é exclusivo para este gênero, as mulheres podem alcançar um contorno de cintura melhor, procurando ter sua linha.

Você também pode achar este artigo interessante: Abdominal Routine: How to Make a Abdominal Routine

O oblíquo da parte externa do abdômen é o músculo que está localizado nos lados que estão na zona média e vai de onde sua última costela está localizada até a crista ilíaca, portanto, reforçar esta zona é importante para alcançar o tronco é definido e seu abdômen forte.

Um abdómen oblíquo procura ajudar na flexão e torção do tronco, bem como na sua estabilidade. Reforçar esta área ajuda não só a ter movimentos mais eficazes e seguros, mas também a dar uma boa forma ao tronco; bons obliques conseguem dar um bom tônus muscular, moldando e marcando assim o realce das costelas, espaços intercostais e a margem da crista ilíaca.

O que precisas para fazer abdominais oblíquos?

  • * Esteira, esteira ou esteira de ginástica
  • * Pesos ? halteres

Instruções para Abdominais Oblíquos

  1. Deite-se no chão com as costas sobre ele, depois dobre os joelhos para que as solas dos pés estejam no chão. Ponha os braços atrás da cabeça, com os dedos entrelaçados, para que os cotovelos fiquem de lado e se mantenham direitos, idealmente não se consegue ver nada deles, pressione as costas contra o chão para endurecer os abdominais perfeitos. Agora você deve levantar sua cabeça e ombros fora do chão, você deve esticar para tocar o joelho no lado direito com o cotovelo esquerdo, ao mesmo tempo que você gira o tronco, ficar em posição por três segundos e depois voltar à sua posição inicial, faça o mesmo procedimento para o outro lado. Faça séries de 10 de cada lado e 3 conjuntos.
  2. O exercício anterior pode ser feito de forma avançada, se você colocar as mãos para os lados, que são retas para cima e, em seguida, você faz o mesmo procedimento do ponto anterior. Se você optar por este exercício você deve tomar um cuidado especial, uma vez que você não terá suas mãos apoiando seu pescoço.
  3. Deite-se de lado no tapete, e comece a levantar a perna lentamente até formar um ângulo de 45º e volte à posição inicial, depois vire e faça o mesmo com o outro lado, faça três conjuntos de 20 repetições. Este é um exercício bastante fácil de fazer.
  4. Enquanto em pé, pegue os halteres, um de cada lado e comece a inclinar as costas e o ombro para o lado esquerdo e depois para a direita, e não para trás ou para frente. Faça 3 conjuntos de 20 repetições de cada lado.
  5. Deite-se no chão (no tapete), ponha as mãos atrás da cabeça e dobre os joelhos, procurando que as plantas dos pés estejam no chão, depois coloque o pé da perna direita no joelho esquerdo e depois leve o cotovelo esquerdo para o joelho direito, depois faça o mesmo com a outra perna. Faça 8 conjuntos de 10 repetições de cada lado.
  • Dobre os joelhos e estique os braços para os lados como uma cruz, e comece a girar a pélvis primeiro para um lado e depois para o outro, faça o joelho tocar o chão para o lado direito e depois para a esquerda. Faça 20 repetições para cada lado. Este exercício é chamado de rotação pélvica.
  • Dicas para Abdominais Oblíquos

    • Soprar o ar sempre que estiveres a subir quando estiveres a fazer o abdómen especializado para os obliquos.
    • Você deve tentar não descansar mais de 15 segundos entre conjuntos.
    • Se você realmente quer ver resultados, não vai ajudá-lo a fazer isso esporadicamente, você deve fazê-lo pelo menos 3 ou 4 vezes por semana por um período de 2 meses consecutivos.
    • Se quiser fazer o exercício com menos intensidade, basta reduzir o número de repetições.
    • Estes exercícios procuram dar mais flexibilidade e força aos seus obliquos externos e internos.
    • Estes exercícios devem ser feitos com muito cuidado, pois não fazê-los bem pode levar a lesões no pescoço.